UM DIAMANTE E CINCO BALAS

UM DIAMANTE E CINCO BALAS 1968 Belém, PA

Produção, direção, argumento, roteiro e montagem: Líbero Luxardo
Gerente de produção: Mário Luxardo
Fotografia: Fernando Melo
Som: Celso Muniz
Cenários: Hélio Alencar
Música: Waldemar Henrique
Regência: Milton Calazans
Instrumental: Sebastião Tapajós (Violão)
Produtora: Líbero Luxardo Produções Cinematográficas e Mundial Filmes
Distribuição: U.C.B. – União Cinematográfica Brasileira

Cor: P&b, 35mm, 100 min, gênero: aventura

Elenco: Luiz Linhares, Maria Gladys, Angelito Melo, Helena Velasco, Fernando Neves, Cláudio Barradas, Hélio Castro, Zélia Porpino, Roberto Soares, João Silva, Nilza Maria, Paulo de Tarso.

Sinopse: Nos garimpos do rio Tocantins, João, um goiano que se fizera tropeiro e que, seguindo indicações de uma cigana, foi procurar fortuna no garimpo, embora a cigana tivesse previsto que encontraria também a desgraça. João chega ao garimpo no momento em que se encontra no auge a exploração movida por um aventureiro que, utilizando o feitiço exercido por sua mulher sobre os garimpeiros, consegue comprar suas pedras preciosas como se não tivessem quase nenhum valor. João descobre a exploração e se torna líder dos garimpeiros. Em pouco tempo expulsa o aventureiro. Trabalha no garimpo e consegue juntar várias pedras de valor. Torna-se, entretanto, alvo da cobiça e do desejo de vingança de todos os malfeitores da região dos garimpos. Envolvido em muitas lutas, João abandona Flor, jovem da região que o conhece e ama, perde seu melhor amigo e decide partir. No avião, entretanto, resolve voltar para vingar a morte do amigo e procurar o amor da terna Flor.

Comentários: Ambientado num garimpo em Marabá, na região sul do Pará, foi considerado um western amazônico. Foi financiado com recursos próprios e a ajuda de quatro amigos: Pedro Bentes Pinheiro, Iran Bichara, Miguel Gomes da Silva e Luso Solino, todos comerciantes da cidade de Marabá.

O Cartaz do filme, acervo do Cine LíberoLuxardo.

8 comentários

  1. Sou conterrãneo do falecido ator Luiz Linhares que trabalhou no filme Diamante e Cinco Balas. Coleciono seus filmes e me falta este. Gostaria de saber quais as esperanças que posso ter em conseguir cópia do filme em VHS, DVD, etc./ Poderiam me responder?

    1. Cezar esse filme foi perdido, só existe dele um trailer de 5 minutos. Em breve coloco ele na web. Obrigado pelo comentário, estamos a disposição.

      1. Prezado Ramiro, você poderia disponibilizar esse trailer para a Secretaria Municipal de Cultura de Marabá/SECULT, pois estamos trabalhando o Centenário da Cidade de Marabá, que acontece em 05 de abril, o email:secult-cidadecentenaria@bol.com.br e secult@maraba.pa.gov.br.
        Genival Crescencio.

  2. Ok Ramiro
    Muito obrigado pela sua atenção e disponibilidade. Aguardarei ansioso pelos cinco minutos.
    Abração
    Cezar

  3. Fiquei muito feliz por ter descoberto, esse pequeno trailer, pois matei a saudade de minha tia (Maria das virgens – a loira que aparece na cena atras do ator que acende o cigarro na vela). Que pena não podermos ter o filme na integra. Agradeço a vocês Ramiro e Cezar por me proporcionarem isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s